VITÓRIA DUPLA – Lição de vida e conquista

Ao bater o recorde mundial de medalhas em mundiais de atletismo, Allyson Felix joga luz sobre os desafios da gravidez para a carreira das mulheres.

Você leu recentemente nas suas redes sociais sobre a corredora dos Estados Unidos Allyson Felix? Eis uma referência interessante para levar para suas aulas de inglês. Aos 33 anos, Allyson bateu o recorde do jamaicano Usain Bolt, ao conquistar em 1 de outubro sua 12ª vitória em campeonatos mundiais de atletismo, uma a mais do que ele. A medalha foi pela prova de revezamento 4×400 metros, com a equipe americana no Mundial de Doha, capital do Emirado do Catar.

A conquista tem um sabor especial, pois veio depois de Allyson perder seu patrocínio de uma grande marca de produtos esportivos por conta de sua gravidez – e por depois dar à luz, dez meses antes de seu recorde:

Assista ao video publicado pela New York times onde ela fala sobre sua trajetória.

Outro sinal da atualidade do tema de mulheres grávidas e emprego é a capa da revista de negócios Inc., boa fonte de informação para praticar seu business English. Decisão inédita, a publicação estampa na capa a empresária Audrey Gelman, CEO da companhia de espaços de co-working para mulheres The Wing, visivelmente grávida e tratando das relações de trabalho para mulheres na mesma situação no mundo corporativo.

Leia o artigo em inglês:

Com a presença feminina cada vez mais ampla e forte no mercado de trabalho, é primordial conhecer pelo menos uma visão panorâmica dos direitos reprodutivos femininos hoje no mundo pela perspectiva corporativa, até para atualizar seu business English.

O vocabulário essencial do inglês sobre o tema é, portanto, muito útil tanto para suas aulas de inglês, quanto para suas relações de trabalho:

Pregnancy: gravidez

Childbirth: nascimento da criança

Maternity / pregnancy leave: licença-maternidade

Parental leave: licença-maternidade num sentido mais amplo, que inclui o pai ou segundo adulto responsável pela criança

Labor: significa tanto trabalho profissional quanto trabalho de parto

Labor market: mercado de trabalho

Reproductive rights: direitos reprodutivos

Vários países dispõem de cobertura legal para manutenção do emprego durante a gravidez por meio da licença-maternidade, embora os Estados Unidos não estejam entre eles. Uma pesquisa da UNICEF sobre os efeitos da licença-maternidade no mercado de trabalho pelo mundo faz as seguintes recomendações para empresas privadas:

  • Incluir proteção no trabalho com a licença parental paga. Os pais e seus empregadores ganham quando o emprego daqueles é mantido no retorno da licença.
  • Apoiar a continuidade da amamentação de seus trabalhadores depois que a licença, fornecendo local e tempo adequados para mães ou organizando horários para que elas possam fazer isso em casa.
  • Prevenir ou limitar a discriminação contra pais que trabalham, incluindo decisões relativas a pagamento, promoções, contratação e demissão, treinando gerência média e supervisores para tanto.
  • Pagar a todos os trabalhadores um salário adequado.

Ainda de acordo com o dossiê divulgado pela UNICEF, uma análise multinível com dados de 19 países indicou que licenças parentais mais longas, de até um ano, reduzem a lacuna de emprego entre mulheres mães e não mães. Nos países da OCDE licenças parentais mais generosas estão associadas a uma menor risco de pobreza entre famílias com dois pais e ou de mães solteiras. As licenças colaboram para o crescimento econômico geral, aumentam o poder econômico das mulheres pela sua capacidade de contribuir para a renda familiar. Também trazem benefícios para a força de trabalho no longo prazo, potencializando o crescimento e competitividade das empresas por meio da diversidade, como já adiantamos aqui:

Segue artigo em inglês:

Em blog desenvolvido pela languagePRO  foi ressaltado que as licenças também trazem benefícios para a força de trabalho no longo prazo, potencializando o crescimento e competitividade das empresas por meio da diversidade, como já adiantamos aqui:

#english #englishclasses #womensrights #labormarket #languagePRO

#inglês #aulasdeinglês #direitosfemininos #mercadodetrabalho

languagePRO há 30 anos desenvolve cursos de idiomas para empresas e profissionais.                                  Ensinamos inglês, espanhol, francês, alemão, italiano e português para estrangeiros.                                                  Nossa missão é oferecer a nossos clientes uma experiência única de aprendizagem, com cursos personalizados, inovadores e ajustados aos seus interesses; apoiados recursos tecnológicos, total flexibilidade e suporte integral

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up