Equilíbrio imunológico com suplementos ?

Equilíbrio imunológico tão divulgado

Sobram ofertas de produtos e métodos de fortalecimento do sistema imunológico. O quanto a ciência já sabe sobre sua eficácia?

Você certamente já considerou ou usou algum complexo vitamínico para fortalecer seu sistema imunológico, não? Acima de tudo, sobram propagandas que nos estimulam nesse sentido e é muito natural acreditar que nossa alimentação, nem sempre balanceada, não consegue dar conta sozinha do que ele precisa para funcionar bem.

Existe, entretanto, um equívoco nessa avaliação. Salvo casos de recomendação médica específica, é preciso saber ou lembrar que nosso sistema imunológico não é como uma fogueira à espera de mais combustível.

Não é a quantidade de gasolina no tanque que determina a potência do seu carro, certo? O mesmo vale para nossas defesas. Na verdade. não se fortalece nossa imunidade como um todo ao mesmo tempo.

Razão de ser

Em tempos de saúde como prioridade, a imunidade física dificilmente escapou das atividades de speaking das suas aulas de inglês.

Como você sabe, é função do nosso sistema imunológico nos proteger de bactérias, fungos, vírus e toxinas em geral, bem como propiciar cicatrização de ferimentos. São células, tecidos e órgãos que atuam de modo conjunto e, de modo geral, se dividem entre a nossa imunidade inata e a adaptativa.

A primeira forma uma espécie de linha de frente, enfrentando patógenos antes que afetem nossa saúde.

Primeiramente, pense na nossa pele, nos pelos do nariz e ao redor dos olhos. Passada essa linha de defesa, cabe à imunidade adaptativa, mais complexa, reconhecer antígenos.  Estes elementos são  proteínas únicas na superfície dos patógenos. A função é então produzir células especiais para nos defender, que guardam essa reação na sua memória para eventual novo uso futuro. E consequentemente, estes glóbulos brancos especializados são os linfócitos.

Como um jardim

De qualquer forma, existem várias partes com funções específicas no nosso sistema imunológico. Pensar que um suplemento vai impulsionar o rendimento dele como um todo é desconhecer essas diversas particularidades.

Na verdade, doenças auto-imunes podem ser ocasionadas nessa busca por um reforço generalizado. Mesmo um transplante causa reação do sistema e exige medicações imunosupressoras, entre outros cuidados, para que a cirurgia funcione.

Ceticismo torna-se providencial

Desse modo, não tema uma boa dose de ceticismo. Em vez de uma espécie de músculo, a ginecologista norte-americana Jen Gunter prefere fazer uma analogia do sistema imunológico com um jardim.   Cada planta precisa de uma quantidade certa de sol, sombra e água. Aumentar qualquer elemento de modo generalizado pode desequilibrar o ecossistema como um todo. Da mesma forma, se você mantém uma dieta saudável e balanceada, não fuma, dorme o suficiente, ingerir mais vitaminas do que seu corpo precisa facilmente acaba só por criar resíduos.

Vacine-se

Quando nosso sistema imunológico falha diante de um ataque infeccioso, ficamos doentes, é claro.

Pois bem, a ciência já sabe que, com a idade, isso tende a ficar mais recorrente. Porém, suplementos vitamínicos desnecessários, sem recomendação médica, podem gerar efeitos negativos para sua saúde, inclusive falhas na captação de células estranhas.

Por outro lado, como você certamente já deve ter discutido nas suas aulas de inglês, o que ajuda muito nosso sistema imunológico são as vacinas. Elas estimulam o corpo a produzir anticorpos sem que você precise adoecer antes. O papel da vacina é  fornecer o que nossa imunidade precisa para responder rápida e agressivamente a um patógeno específico.

Infecções respiratórias, como a gripe e a pneumonia são mundialmente uma das principais causas de morte em pessoas com mais de 65 anos. Isso explica a prioridade delas na vacinação, até pela eficiência menor dos imunizantes em seus organismos. Sabe-se que deficiências de nutrientes afetam as respostas imunológicas em animais, mas não a medida do impacto dessas alterações.

Living Better, Living Longer – Podcast – Podtail

 

Suplementação e atividade física

Mesmo o impacto do estresse é algo difícil de mensurar pela ciência, por ser algo essencialmente pessoal num organismo que também é único. Reconhecer padrões ainda é um desafio.

Consumir um suplemento multivitamínico e mineral diário pode auxiliar o sistema imunológico, além de outros benefícios à saúde, o que não funciona com grandes quantidades de uma única vitamina, salvo orientação médica.

Além disso, exercícios físicos são aliados do sistema imunológico por fortalecerem a saúde cardiovascular com menos peso e gordura no corpo e pressão mais baixa. Você pode investir em algum tipo de esporte com que possa também se divertir, sempre mantendo uma conduta responsável e segura.

languagePRO - Sindilojas-SP | Casa do Comerciante

Portanto, até que a ciência tenha dados mais precisos, buscar um equilíbrio nutricional e de hábitos saudáveis é a melhor maneira de manter seu sistema imunológico funcionando e protegendo seu organismo. Sem saltos nem surpresas, tampouco soluções milagrosas para problemas que nem existirem.

languagePRO há 31 anos desenvolve cursos de idiomas para empresas e
profissionais. Ensinamos inglês, espanhol, francês, alemão, italiano e português para estrangeiros. Nossa missão é oferecer a nossos clientes uma experiência única de aprendizagem, com cursos personalizados, inovadores e ajustados aos seus interesses; apoiados recursos tecnológicos, total flexibilidade e suporte integral,

#saúde #ciência #imunidade #sistemaimunológico #aulasdeinglês #health #science #immunity #immunesystem #englishclasses #languagepro

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

    × Podemos te ajudar?